USDA: Estoques trimestrais de soja dos EUA vêm acima do esperado e Chicago cai forte

0

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou seus estoques trimestrais de grãos na posição 1 de setembro de 2021 nesta quinta-feira (30). Milho e trigo trouxeram números dentro das expectativas do mercado, enquanto os da soja vieram acima. Refletindo esse quadro, os futuros da oleaginosa cedem mais de 30 pontos na Bolsa de Chicago no início da tarde de hoje. O milho também recua, porém, as baixas são mais contidas.  

“Em resumo, o colchão para a safra nova é um pouco mais confortável, mais soja e mais milho nos estoques iniciais da safra 2021/22, que começou agora em setembro”, explica o analista de mercado da Agrinvest Commodities, Eduardo Vanin. 

SOJA

Os estoques trimestrais de soja dos EUA em 1º de setembro, foram reportados pelo USDA em 6,97 milhões de toneladas, contra expectativas variavam de 3,95 a 5,5 milhões, com média de 4,74 milhões de toneladas. 

Apesar de acima do esperado, os estoques americanos são bem menores do que em 1 de setembro de 2020, quando vieram reportados em 14,29 milhões de toneladas. 

Em 1º de junho de 2021, o número era de 20,87 milhões de toneladas. 

MILHO

O USDA reportou os estoques trimestrais de milho em 31,4 milhões de toneladas, contra projeções do mercado de 25,35 milhões a 31,80 milhões de toneladas. A média esperada era de 29,34 milhões. 

Há um ano, os estoques de milho nesta mesma posição eram de 48,74 milhões de toneladas em há três meses 1 de junho, 104,45 milhões de toneladas. 

TRIGO

No trigo, os estoques trimestrais americanos vieram em 48,44 milhões de toneladas, enquanto as expectativas variavam entre 48,31 e 54,37 milhões de toneladas, com média de 50,40 milhões. Hà três meses, os estoques eram de 22,97 e há um ano, de 58,73 milhões de toneladas. 

REVISÃO DA SAFRA 2020/21

Como é típico deste período do ano, o USDA faz uma revisão final da safra para dar início à nova em 1º de setembro. E estas revisões têm parte de reflexo nos números que foram reportados sobre os estoques norte-americanos. 

“A temporada de comercialização de milho e soja está encerrada e uma revisão completa do balanço foi
concluída. Este processo, que é normal para esta época do ano, levou a revisões na área plantada, produção e
produção para a safra 2020″, diz uma nota no reporte de estoques trimestrais do departamento americano.

A produção de milho 2020/21 dos EUA foi revisada para baixo em 1,8 milhão de toneladas (71 milhões de bushels) e a de soja para cima em 2,2 milhões de toneladas (80,8 milhões de bushels). A produtividade da oleaginosa subiu de 56,26 para 57,16 sacas por hectare. 

“O relatório foi baixista, e altista só para trigo. Foi feita uma pergunta a pouco pelo USDA e ele respondeu, mostrando que revisaram a safra 2020/21 e que ‘encontraram’ 80,8 milhões de bushels a mais, por isso que o estoque de soja veio maior. Essa é a realidade”, explicou o diretor do Grupo Labhoro, Ginaldo de Sousa. 

Fonte: Notícias Agrícolas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui