Inaugurada pelo Governo, Deleagro vai combater e investigar furtos que impactam produtores de MS

0

O Governo do Estado inaugurou nesta quarta-feira (29) a Deleagro – Delegacia Especializada de Combate à Crimes Rurais e Abigeato – Delegado Mikaill Alessandro Gouvea Faria. Uma maneira prática de aumentar a segurança dos produtores rurais e apurar crimes específicos cometidos contra o agronegócio.

Presente à inauguração da sede da Deleagro, o secretário adjunto da Semagro, Ricardo Senna, representou o secretário Jaime Verruck e comentou que “a instalação dessa nova unidade, especializada no combate de crimes rurais e abigeato, atende à demanda do setor rural e dá mais segurança no campo”.

A nova delegacia contou com um investimento de R$ 712 mil na aquisição de viaturas e estruturação do prédio. O governador Reinaldo Azambuja destacou que a Polícia Militar vai ter uma estrutura de apoio à Deleagro e que será criada uma rede de inteligência para combater as quadrilhas que cometem furtos de gado, equipamentos e insumos em fazendas.

“Nós vamos precisar criar uma rede de inteligência muito profunda para identificar esses autores dos delitos que têm acontecido, de roubo de software e equipamentos extremamente valorizados que estão dentro das propriedades. E muitas vezes o produtor tem uma preocupação da porteira para dentro, de produzir, de plantar, de colher, de dar geração de emprego, mas muitas vezes não se atenta de que ele tem um grande patrimônio e esse patrimônio tem um olhar dessas organizações criminosas e é por isso que nós estamos aqui inaugurando a Deleagro”, explicou o governador.

Inaugurada pelo Governo, Deleagro vai combater e investigar furtos que impactam produtores de MS 1

O delegado Matheus Zampiere, titular da Deleagro, explica que serão atendidos casos de furto de gado acima de 50 cabeças e de equipamentos acima de 80 mil reais. “A Deleagro está dentro do departamento de polícia especializado, para dar um atendimento eficiente ao agronegócio. Temos que proteger a produção rural”.

Alessandro Coelho, presidente do Sindicato Rural de Campo Grande afirma que a delegacia é imprescindível ao setor rural, contemplando todos os crimes que atingem o agronegócio. “Os furtos em propriedades rurais são crescentes e a ideia é levar informação para que os produtores saibam como agir e se prevenir”.

Atribuições

A Deleagro, uma conquista do setor agropecuário, que há décadas reivindicava mais segurança, já está em funcionamento e tem a missão de reprimir e investigar crimes como o abigeato, ou seja, furtos de animais domésticos no campo e nas fazendas, principalmente de gado.  Outra atribuição é a investigação e repressão dos furtos e roubos de insumos, defensivos e maquinários agrícolas.

Cabe ainda a Deleagro a atuação nos delitos decorrentes de crimes agrários, nos quais haja violência, em um trabalho de cooperação com demais instituições e órgãos, com ressalvas àquelas com competência federal, e prestará apoio às demais unidades policiais na apuração de crimes contra o agronegócio.

A Deleagro está localizada na rua Mário Edson de Barros, nº 121, no Bairro Chácara Cachoeira, em Campo Grande.

Publicado por: pperes@semagro.ms

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui